Publicado em Deixe um comentário

Roupa p’ra Cachopa!

Com o bom tempo a chegar, a princesa precisa de roupinhas mais fresquinhas. Por isso, este ano, inscrevi-me na Kids Clothes Week Challenge (kcwc) e estou super entusiasmada!

É um desafio que a Meg organiza no seu Blog e junta centenas de “crafters” de todo mundo. Podem saber tudinho aqui. Quem se atreve?
Ufa, é melhor começar a pensar nos modelos e a juntar os tecidos…..

Publicado em 3 comentários

Cheirinho de primavera

Oh, p’ra mim a fazer de modelo fotográfico  🙂 


Aproveitei uma linda tarde de sol, para fotografar a carteira de chita que fiz para mim. Foi das primeiras peças que fiz quando cheguei ao Açores e já usei bastante. Agora no inverno tem ficado esquecida no fundo do armário….mas nada como uma tarde de sol para voltar à ribalta!

Publicado em Deixe um comentário

Tira porta-chupeta cheia de charme

Este é daqueles projectos fantásticos que se conseguem fazer no tempo da sesta do bébé! 🙂
Este porta-chupetas fica mesmo giro, muito mais charmoso que aquelas correntinhas de plástico e pode ir a lavar com as roupinhas do bébé (eu já tenho vários).

Hey, querem ver como é fácil…..eu explico:
 1º- preparar os materiais:  2 tiras de 35cm de fita de viés; 1 molinha invisível; 1 clip de suspensórios; linhas de costura a condizer; ferro de engomar; máquina de costura.

2º- Juntar as duas fitas de viés, direito com direito, prender com alfinetes e costurar pelo vinco da fita de viés.

3º- Costurar também pelo outro vinco, de modo a formar um “tubo”. Engomar as costurar, virar para o lado do direito e engomar novamente.

4º- Nas extremidades da tira dobrar as pontas para dentro para ficar rematado e costurar. Numa das pontas costurar segurando o clip de suspensório.

5º- Na ponta oposta ao clip, costurar a mola para segurar a chupeta.

E está pronta!!! Fácil, não foi?

Publicado em Deixe um comentário

Capuccino

Eu só gosto de utilizar fibras naturais. É mesmo assim, não gosto de misturas, acrílicos, etc. Quando compro as minha linhas e lãs tenho sempre muita atenção ao tipo de fibra que estou a comprar, sobretudo quando pretendo fazer alguma coisa para bébé. Aliás, a minha grande dificuldade quando comecei a tricotar roupinhas para a minha bébé foi mesmo encontrar as lãs “á altura”. Sim, porque a maioria das “lãs para bébé” ou “anti-alérgicas para bébé” são acrilico, ou pelo menos têm uma grande percentagem…
Acabei por fazer quase todas as roupinhas em 100% lã de merino “super soft”, ou seja, tecida de modo a ficar mais fina e suave ao toque. Era de uma marca espanhola e fiquei mesmo cliente!
Mas depois descobri esta lã “capuccino”, de um fabricante português (Rosarios4) e não resisti a experimentar porque fiquei agradavelmente supreendida com o “toque”! Confesso que ainda não percebi como fazem lã com leite….mas é muito suave e fácil de trabalhar.
Estou a fazer um colete para a princesa e assim que termine mostro o resultado.

A receita que estou a seguir para fazer o colete é um modelo muito simples conhecido como “plain vest” e veio daqui.

Publicado em Deixe um comentário

Etiquetas

Detesto etiquetas!
É mesmo assim, assim que compro alguma coisa a primeira coisa que faço é arrancar todas, mesmo todas, as etiquetas. Sobretudo porque detesto o toque áspero do tecido que habitualmente usam. Ora, já podem imaginar o meu problema quando pensei que precisava criar uma etiqueta para colocar nas minhas peças…
Decidi logo que tinha de ser em tecido 100% algodão porque aquelas coisas ásperas e plásticas estavam completamente fora de questão! Mas ainda não estava satisfeita….sabia que iam acabar cortadas e no lixo, sobretudo quando se trata de coisas para bébé. Depois de muitas voltas (e algumas experiências) decidi transformar a etiqueta num miminho para quem recebe a peça: assim surgiram estes “corações etiqueta”. No enchimento levam flor de alfazema e são perfeitos para perfumar gavetas e armários!
Agora, afinal, já adoro etiquetas! 🙂

Publicado em Deixe um comentário

Pés

Para acolchoar o quilt sei que vou precisar de um pé especifico, um “walking foot”, por isso resolvi por mãos-à-obra e procurar a peça. Em nenhuma loja fui capaz de encontrar, pelo que tive de recorrer à net… Assim que comecei a procurar encontrei imensas lojas online especializadas em acessórios para máquinas de costura. Acabei por perder algumas horas a navegar por mares nunca antes navegados, e descobri que posso melhorar muito o desempenho da minha (velhinha mas muito estimada) Singer e, claro, a qualidade do meu trabalho final! Por isso, além do “walking foot” vou encomendar um pé calcador para fechos invisiveis, um para costuras de 1/4” (com guia ajustável) e um para casear botões. 
Publicado em Deixe um comentário

Quilt Kit – organização dos retalhos

Uma bela manhã de sol inspirou o inicio do meu Quilt Kit (comprado aqui). Levei os retalhos para o jardim e organizei as filas em cima da mesa. Confesso que uma tarefa que parece tão simples afinal levou bastante tempo, mudei os retalhos de posição algumas vezes até encontrar a melhor combinação. No fim, fiquei mesmo satisfeita e agora vou começar a dar ao pedal…

Quilt Kit - organização dos retalhos by Calçada do Gato

Publicado em Deixe um comentário

Na máquina de costura tenho alguma chita e bombazine para fazer uma mala.

“Será que vai gostar?” é um pensamento que não me abandona a ideia sempre que costuro alguma coisa para oferecer. Depois, faço como se fosse para mim!

Publicado em Deixe um comentário

Ano novo, blogue novo e projecto novo

Da Calçada do Gato saem coisas: ora sabões, ora bonecos, ora compotas ou carteiras……entre outras tantas que estas mãos não conseguem estar quietas!

A verdade é que sinto um enorme prazer em costurar, fazer crochet, cozinhar e outros lavores que vou descobrindo. Adoro vasculhar as velhinhas revistas de lavores que descansam pela cave da minha mãe e encontrar fantásticas inspirações. Só faltava mesmo este blogue para poder partilhar o que daqui vai saindo!
E para começar bem o ano, vamos para a máquina de costura…

Nos ultimos meses andei a “namorar” a arte do pactwork e quilting. Visitei regularmente o blog Saídos da Concha e depois de uma serie de posts muito esclarecedores, não resisti e encomendei o meu “Quilt Kit”!
Assim, neste inicio de ano vou começar a fazer uma colcha para caminha da minha pequena.