Publicado em Deixe um comentário

KAL Camisola Mosaico – 4ª parte

Hoje partilho o quarto, e ultimo, video tutorial do nosso knit-a-long. Mostro como tricotar as diminuições do decote, as carreiras encurtadas e os vários remates.

Na explicação das carreiras encurtadas mostro o método alemão, que é o meu método preferido. Tenho recebido imensos vídeos a pedir explicações deste método porque aparece em muitos esquemas e a explicação escrita cria bastantes dúvidas. Na realidade a explicação escrita é muito mais complicada que a técnica em si! Como qualquer método de carreiras encurtadas requer alguma atenção, mas eu até acho que este é um dos métodos mais simples e ensino muitas vezes nas minha aulas a alunas de iniciação.

Quando terminarem de tricotar a vossa camisola dediquem algum tempo (e paciência!) a rematar as linhas…sei que é aborrecido, mas para que a possam usar durante muito tempo é importante que fiquem bem feitos. E para finalizar a nossa amiga blocagem que vai transformar a nossa amarrotada camisola, numa peça capaz de arrancar uns bem merecidos -“uau, foste tu que fizeste?!”

Carreguem lá no play e vamos a isto:

Publicado em 2 comentários

KAL Camisola Mosaico – 3ª parte

E chegamos, finalmente, à parte mais divertida desta camisola – vamos brincar com as cores e desenhar o nosso mosaico!

Esta técnica de tricotar com 2 cores, também conhecida como jacquard, é bem mais simples do que parece. No inicio é preciso ter atenção para que a linha da cor não tricotada não fique demasiado apertada, mas assim que lhe “apanhar o jeito” é só diversão! Eu gosto de colocar 1 novelo de cada lado, com uma lã em cada mão e assim nunca tenho fios ensarilhados…um pormenor muito simples mas que faz com que tricotar seja muito mais confortável. Eu sigo a regra de colocar sempre a cor principal na mão direita e a cor de contraste na mão esquerda. Sei que nas primeiras malhas pode parecer estranho ter a lã na mão esquerda mas num instante nos habituamos.

Neste 3º video vou mostrar como unir as mangas e o corpo na mesma agulha circular, como tricotar as diminuições raglan e, claro, como tricotar o desenho em jacquard. Vamos a isso?

Publicado em 26 comentários

KAL Camisola Mosaico

O outono está a chegar e, com ele, a vontade de tricotar camisolas. Ontem enquanto percorria as estradas junto ao “meu” Douro, percebi o quanto as cores desta camisola combinam com as outonais folhas de videira alaranjadas. Tive a certeza que este é, sem duvida, o projecto ideal para acolher o fresco outonal (embora este esteja a tardar em chegar!).

Mas eu sei que tricotar sozinha nunca tem tanta piada como tricotar em conjunto. É muito mais divertido quando podemos partilhar os nossos progressos, as nossas conquistas e ter ajuda para resolver todas as duvidas. E foi a pensar neste companheirismo que resolvi lançar este “Knit-a-long” de outono. Vamos tricotar a camisola Mosaico todas juntas e partilhar tudinho no nosso grupo no Ravelry.

Esta camisola foi desenhada para ser muito confortável. Está tricotadas com fio TEC – total easy care , da Rosários4, 100% lã (mas que podem lavar e secar na máquina). Está decorada com um desenho de cor contrastante inspirado nos padrões do tradicional mosaico hidráulico. É tricotada de baixo para cima, em circular e sem costuras. O corpo e as mangas são tricotadas em circular, pelo lado do direito até à altura das cavas. Em seguida, todas as partes são unidas na mesma agulha circular para tricotar o decote.

Mas, ainda assim, achei que este projecto podia ser algo mais e, por isso, resolvi preparar 4 video-tutoriais com o passo-a-passo completo para tricotar esta camisola….nunca resisto! Assim, além de ser um projecto muito giro, para tricotar com as amigas (reais e virtuais) passa a ser também um mini-curso sobre como tricotar uma camisola sem costuras.

Vou mostrar como montar as malhas, tricotar em circular, diminuir, aumentar, unir mangas e corpo, raglan, jacquard (ou fair isle/ stranded colorwork), carreiras encurtadas…tudo, mesmo tudo que precisam saber para tricotar esta camisola do principio ao fim.

Vamos às compras? Vão precisar de 8 (9, 10) novelos TEC Rosários 4 –  na cor principal (eu usei a 09) + 2 (2, 2) novelos TEC Rosários 4 – na cor de contraste (eu usei a 02). As quantidades correspondem aos tamanhos S, M, L [86 (95, 105) cm de contorno de peito].

Na camisola da foto foi utilizada a cor 09 no corpo e a cor 02 no decote, mas acho que no corpo também podem resultar muito bem as cores: 30, 32, 23, 06, 33, 34, 07, 26 e 11. Para o decote as minhas preferidas são: 01, 03 e a 29. As test-knitters que me ajudaram imenso neste projecto tricotaram uma versão com as cores 30 + 01, e outra nas cores 34 + 35 e gosto muito do resultado em ambas as versões. Passem lá pelo grupo para dizer olá e para nos contarem tudinho sobre as cores que vão escolher! Eu vou passar por lá para vos contar as cores que vou usar nos vídeos….

O esquema e o primeiro vídeo saem já na próxima sexta-feira dia 3 e começamos logo a tricotar o corpo da camisola. Preparem as agulhas!

Publicado em 8 comentários

Carreiras encurtadas – abraçar e virar (wrap and turn)

E o verão passou num pulinho e já estamos com o pé no outono. Se forem como eu também já aproveitam as noites mais frescas para uns bons tricots + infusão de lúcia-lima + Gisela João no spotify…acertei?

A técnica que vos vou mostrar hoje é muito utilizada nas carreiras encurtadas, mas a tradução para português  ainda deixa muitas duvidas. Em inglês chama-se “wrap and turn” e eu traduzo para – abraçar e virar. Gosto do termo abraçar (muito mais que embrulhar ou outro sinónimo) e gosto de depois poder falar de apanhar abraços! Já tinha mostrado aqui no blogue como fazer esta técnica em ponto mousse e hoje vou mostrar em ponto jersey, ou meia. Neste ponto temos necessidade de apanhar os abraços para não deixar marcas visíveis lado do direito do trabalho. É um pouco mais trabalhoso, mas como sempre eu explico tudinho em seguida:

Neste video utilizo a lã “Capuccino” da Rosários 4 na cor 19 e agulhas circulares Addi Lace nº 4,5.

Publicado em 16 comentários

Carreiras encurtadas em ponto mousse

As famosas “short rows”,em inglês, continuam a amedrontar muitas tricotadeiras. Acham que é demasiado técnico/complicado/pouco claro. E eu compreendo perfeitamente porque a mim também já assustaram!

A parte de tricotar uma carreira incompleta, virando o trabalho a meio de uma fila eu até percebia…mas o “wrap and turn” era um mistério. Nos livros de tricot em português nunca encontrei nenhuma referência a esta técnica, só mesmo em livros e sites ingleses ou americanos. E, a verdade, é que faz toda a diferença porque o trabalho fica mais uniforme, sem buraquinhos nos sítios onde viramos o trabalho. A dificuldade seguinte foi encontrar-lhe um nome em português para poder explicar melhor nas minhas aulas. Naturalmente, começamos a utilizar a expressão “abraçar e virar”. Por isso, quando falamos de voltas encurtadas, falamos também de abraços e de malhas abraçadas! Não sei se será uma tradução correcta, mas pelo menos ficou divertida e já não consigo dizer de outra forma…

Neste video mostro-vos como fazer as carreiras encurtadas com esta técnica de “abraçar e virar” em ponto mousse. Este é o ponto mais simples de trabalhar nesta técnica porque não precisamos de “apanhar” os abraços. Ou seja, é ideal para começar a atacar as short rows, ora vejam lá: